PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Chefe da ONU denuncia execuções promovidas por rebeldes huthis no Iêmen

19/09/2021 14h08

Nova York, 19 Set 2021 (AFP) - O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, denunciou neste domingo (19) a execução, realizada no dia anterior, por rebeldes huthis no Iêmen, de nove pessas condenadas pelo seu papel na morte de um alto responsável huthi em 2018.

"O secretário-geral lamenta profundamente que os huthis tenham executado ontem nove pessoas, incluindo uma que aparentemente era menor de idade no momento de sua detenção, declarou seu porta-voz, Stephane Dujarric, em um comunicado.

O chefe da ONU "condena energicamente essas ações, que são o resultado de um processo judicial que não parece ter cumprido os requisitos de um julgamento justo e das devidas garantias processuais segundo o direito internacional", acrescenta.

Os rebeldes huthis controlam a maior parte do norte desse país pobre da península arábica, incluindo a capital Sanaa, tomada pelo governo em 2014.

bur-aem/awa/rsr/yo/aa