PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Mais de 150 migrantes são resgatados na França na travessia para Inglaterra

21/09/2021 15h42

Lille, França, 21 Set 2021 (AFP) - Autoridades francesas anunciaram que 154 imigrantes foram socorridos no norte da França quando tentavam cruzar o Canal da Mancha de barco rumo à Inglaterra.

Um primeiro grupo de 22 migrantes foi resgatado na costa de Bray-Dunes (norte) e levado para o porto de Dunquerque, onde foram atendidos pela guarda de fronteira e por socorristas, informou um comunicado da prefeitura marítima.

Enquanto isso, "o centro operacional regional de vigilância e resgate (Cross) de Griz-Nez foi informado que uma embarcação estava em apuros em uma represa de Braek" e contratou uma embarcação da Sociedade Nacional de Resgate Marítimo (SNSM).

Assim que chegaram ao local, "resgataram 20 náufragos e os levaram para o porto de Dunkerque".

Mais tarde, um barco patrulha da Alfândega transferiu outras 39 pessoas para o porto de Dunquerque. E um último grupo de 27 migrantes foi socorrido e transferido para o porto de Calais.

Nesta terça-feira, o Cross Gris-Nez prestou assistência a uma nova embarcação, na qual viajavam 46 pessoas, que foram resgatadas e levadas ao porto de Boulogne-sur-Mer a bordo de um barco da SNSM, segundo um novo comunicado da prefeitura.

Desde o final de 2018, os migrantes tentam cruzar o Canal da Mancha para chegar à costa do Reino Unido, apesar das advertências das autoridades sobre os perigos da travessia.

De acordo com o administrador marítimo Philippe Dutrieux, cerca de 15.400 migrantes tentaram fazer a travessia entre 1º de janeiro e 31 de agosto e foram transferidos para a França. Em 2020, foram 9.500, contra 2.300 em 2019, e 600, em 2018.

Nas últimas semanas, esse fenômeno gerou tensões entre França e Reino Unido. Londres acusa Paris de não fazer o suficiente e anunciou sua intenção de devolver as embarcações à costa francesa.

zl/tjc/me/tt/aa