PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Talibã anunciará 'em breve' planos de educação para as meninas, segundo o Unicef

Uma menina afegã volta para casa depois de ir à escola - Hoshang Hashimi/AFP
Uma menina afegã volta para casa depois de ir à escola Imagem: Hoshang Hashimi/AFP

16/10/2021 12h46

Nações Unidas, Estados Unidos (AFP) - O Talibã anunciará "em breve" um marco que permita que as adolescentes frequentem as escolas de ensino médio no Afeganistão, disse um alto funcionário das Nações Unidas, depois de quatro semanas de proibição.

"O ministro da Educação nos disse que eles estão trabalhando em um marco, que anunciarão em breve e que permitirá que todas as meninas frequentem a escola de ensino médio. Esperamos que isso aconteça muito em breve", disse na sexta-feira na sede das Nações Unidas em Nova York o diretor executivo adjunto do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), Omar Abdi.

Os talibãs estão há semanas dizendo que permitirão que as jovens voltem para a escola o mais rápido possível.

O grupo islâmico, conhecido pelo seu governo brutal e opressivo entre 1996 e 2001, recebeu críticas internacionais por afastar as mulheres e adolescentes de empresas e escolas do país, enquanto restringiam as liberdades dos afegãos.

O Talibã permitiu que as meninas frequentassem o ensino fundamental desde o início, mas afirmaram que nem as adolescentes nem suas professoras poderiam voltar ainda para as escolas de ensino médio.

Abdi lamentou que "milhões de meninas na idade de frequentarem o ensino médio estejam perdendo a educação pelo vigésimo sétimo dia consecutivo".

Internacional