PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Lira turca atinge piso histórico após ameaça de expulsão de diplomatas

25/10/2021 07h02

Ancara, 25 Out 2021 (AFP) - A lira turca registrou um mínimo histórico na abertura dos mercados nesta segunda-feira (25), após as ameaças do presidente Recep Tayyip Erdogan de expulsar dez diplomatas ocidentais que se manifestaram a favor da libertação do opositor Osman Kavala.

A moeda nacional estava sendo negociada a mais de 9,80 libras por dólar antes de se estabilizar em US$ 9,73, após as 2h (horário em Brasília), uma desvalorização de 1,3% em relação à moeda americana.

Os embaixadores de dez países (Canadá, França, Finlândia, Dinamarca, Alemanha, Holanda, Nova Zelândia, Noruega, Suécia e Estados Unidos) irritaram Erdogan ao pedirem, em 18 de outubro, uma "solução justa e rápida do caso Osman Kavala".

Este empresário e mecenas turco está há quatro anos preso sem julgamento, sob a acusação de desestabilizar o país.

Em resposta ao pedido, Erdogan anunciou no sábado (23) que ordenou a expulsão "o mais rápido possível" dos representantes diplomáticos destes dez estados.

Até o momento, nenhum dos países mencionados recebeu qualquer notificação oficial. Uma reunião do Gabinete ministerial está prevista para acontecer às 9h (horário de Brasília), em Ancara. A expectativa é que o pedido de saída dos embaixadores seja, então, confirmado.

raz-rba/ach/cco/rsc/zm/tt