PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
1 mês

MSD anuncia acordo para acesso mundial à remédio promissor contra covid-19

Molnupravir reduziu a taxa de hospitlização e morte em 50%, disse laboratório - iStock
Molnupravir reduziu a taxa de hospitlização e morte em 50%, disse laboratório Imagem: iStock

27/10/2021 14h05

O laboratório americano Merck Sharp & Dohme (MSD) anunciou nesta quarta-feira (27) um acordo que poderia permitir distribuir nos países pobres versões genéricas de seu tratamento anticovid-19 destinado a pessoas infectadas com o vírus.

O Medicines Patent Pool (MPP, que negocia as licenças de tratamentos com os titulares da patente) disse ter assinado um acordo de licença voluntária com a MSD para facilitar o alcance mundial a um preço acessível do molnupiravir, o medicamento antiviral oral experimental contra a covid-19 desenvolvido pela gigante americana.

Sujeito à aprovação por parte dos reguladores, o acordo contribuirá para fornecer amplo acesso ao molnupiravir em 105 países de baixa e média renda.

Os reguladores de medicamentos dos Estados Unidos e da União Europeia já estão analisando o tratamento.

Os antivirais como o molnupiravir atuam reduzindo a capacidade de multiplicação de um vírus e, com isso, contêm a doença.

O tratamento do molnupiravir, administrado em pacientes poucos dias depois de testarem positivo, reduz pela metade o risco de hospitalização e morte, segundo um ensaio clínico realizado pela MSD.

Nesse acordo, a MSD estabelece uma licença com o MPP, que pode então conceder autorizações aos fabricantes de medicamentos genéricos.

O acordo significa que os laboratórios que desenvolveram o medicamento não receberão direitos pelas suas vendas enquanto a covid-19 for considerada uma emergência de saúde pública internacional pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Saúde