PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Porta-voz desmente que príncipe Charles teria feito comentário racista sobre neto

29/11/2021 15h39

Londres, 29 Nov 2021 (AFP) - Um porta-voz do príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, negou nesta segunda-feira (29) que ele teria sido o autor do polêmico comentário sobre a cor de pele de seu neto Archie, filho de Harry e Meghan.

A afirmação aparece em um livro do jornalista americano Christopher Andersen, que será lançado amanhã (30), e foi citada pelo tabloide New York Post.

"Trata-se de uma ficção e não merece mais comentários", afirmou um porta-voz de Clarence House, o escritório do príncipe de Gales, de 73 anos.

O livro "Brothers And Wives: Inside The Private Lives of William, Kate, Harry and Meghan" ("Irmãos e esposas: as vidas privadas de William, Kate, Harry e Meghan", em tradução livre do inglês) relata um diálogo entre o príncipe Charles e sua esposa Camila Parker Bowles, que teria acontecido, segundo o autor, em 27 de novembro de 2017, horas depois do anúncio do casamento de seu filho caçula com a ex-atriz americana.

"Me pergunto como serão seus filhos", questionou Charles, segundo o autor, antes que Camila respondesse: "absolutamente maravilhosos, tenho certeza".

"Eu quis dizer, que tom de pele você acha que terão seus filhos?", acrescentou o príncipe de Gales, de acordo com o livro, citando uma "fonte bem informada".

Durante uma entrevista à apresentadora de televisão americana Oprah Winfrey em março deste ano, Harry e Meghan afirmaram que um membro da família real, cujo nome não foi mencionado, tinha ficado preocupado com a cor de pele que teria seu filho Archie, nascido em maio de 2019.

Em junho de 2021, o casal teve o seu segundo bebê, uma menina chamada Lilibet.

Durante a entrevista, Meghan contou a Oprah que Harry havia sido informado sobre a existência de "preocupações e conversas... sobre o quão escura seria sua pele", em referência a seu filho.

Posteriormente, o casal revelou que o autor não teria sido a rainha Elizabeth II nem seu marido, o príncipe Philip, falecido em abril deste ano.

O príncipe Charles está atualmente em Barbados, ilha caribenha que se prepara para romper os laços com a monarquia britânica para se transformar em uma república.

spe-acc/mb/rpr