PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Paralisação do governo americano se aproxima em meio a disputas no Congresso

01/12/2021 22h11

Washington, 2 dez 2021 (AFP) - A ameaça de paralisação do governo federal dos Estados Unidos aumentou nesta quarta-feira (1º), uma vez que os legisladores não conseguiram chegar a um acordo sobre o orçamento, faltando apenas dois dias para que o financiamento acabe.

O Congresso tem até sexta-feira à noite para redigir um novo orçamento e evitar uma interrupção repentina da maioria das chamadas "operações não essenciais" do governo federal, que colocariam centenas de milhares de trabalhadores em licença não remunerada.

Vários escritórios administrativos, parques nacionais, museus e dezenas de outros serviços não poderão mais arcar com as despesas até o final da sexta-feira.

Durante a paralisação do inverno 2018-2019, a mais longa da história dos Estados Unidos, que durou cerca de cinco semanas, até mesmo as filas de segurança do aeroporto foram afetadas.

Apesar das profundas divisões partidárias, a maioria dos legisladores republicanos e democratas espera evitar uma repetição desse cenário, que pode causar estragos antes dos feriados de fim de ano.

No entanto, um punhado de republicanos se recusou a aprovar o orçamento, acreditando que o documento contribuiria para a imposição da política de saúde do presidente Joe Biden contra a pandemia.

Em uma declaração nesta quarta-feira, o House Freedom Caucus pediu aos senadores que "usem todos os instrumentos processuais à sua disposição para negar a aprovação" de qualquer acordo orçamentário que financie mandatos de vacinas ou sua implementação.

Vários democratas expressaram frustração com o impasse, especialmente quando o primeiro caso da variante ômicron da covid-19 foi confirmado nos Estados Unidos.

"Ao nos aproximarmos do inverno e nos prepararmos para os efeitos da nova variante ômicron, seria negligente fechar o governo em nome da luta contra uma exigência de vacinação destinada a aumentar as taxas de imunização e salvar vidas", alertou o senador da Virgínia Mark Warner.

Nos últimos anos, acordos orçamentários no Congresso têm sido feitos frequentemente no último minuto, mas, à medida que aumentam as preocupações sobre possíveis prazos perdidos, os economistas alertam sobre as possíveis consequências.

Uma semana de fechamento custaria à economia americana cerca de US$ 6 bilhões, de acordo com um relatório do grupo Oxford Economics.

cjc/caw/sst/ag/dg/am