PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
3 meses

Ao menos 14 manifestantes morrem em Chade após disputa de comunidades

28/01/2022 13h39

N'Djamena, 28 Jan 2022 (AFP) - Ao menos 14 manifestantes morreram no início desta semana no leste de Chade em confrontos com as forças de segurança, após uma disputa entre duas comunidades, informou um responsável do governo nesta sexta-feira (28) à AFP.

Em Abéché, capital da província de Uadai, moradores locais protestaram contra a candidatura, em um lugar reservado ao seu chefe tradicional, de um cargo eleito procedente da comunidade árabe.

Algumas das vítimas morreram na segunda-feira pelas mãos das forças de segurança e outros no dia seguinte durante os funerais, segundo afirmaram duas associações de defesa dos direitos humanos.

"Lamentamos 14 mortos entre os manifestantes e 64 feridos" anunciou nesta sexta-feira à AFP um responsável do governo, que pediu anonimato, e sem especificar quem foram os autores das mortes e dos feridos.

"A situação está tranquila desde ontem (quinta-feira) e a tensão baixou", acrescentou o responsável.

yas-gir/amt/ayv/me/eg/aa