PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Rússia: quase metade dos clientes estrangeiros da Gazprom abriram conta em rublos

19/05/2022 06h49

Moscou, 19 Mai 2022 (AFP) - Quase metade das empresas estrangeiras que têm contrato de fornecimento de gás com o grupo russo Gazprom abriram conta em rublos no Gazprombank para honrar seus pagamentos, informou o governo de Moscou.

De acordo com o vice-primeiro-ministro russo Alexander Novak, citado pela agência Ria Novosti, "54 empresas" estão vinculadas por contrato com a Gazprom Export.

"De acordo com os meus dados, quase de metade já abriu contas especiais em nosso banco - em moeda estrangeira e em rublos - para poder transferir divisas, convertê-la em rublos e pagar o gás fornecido em rublos", disse.

"Nos próximos dias, teremos a lista definitiva dos que pagam em rublos e dos que se negam a pagar", acrescentou.

Em resposta ao congelamento de quase 300 bilhões de dólares de reservas de divisas que a Rússia tinha no exterior, o Kremlin promulgou um decreto que introduziu em abril um novo procedimento de pagamento do gás em duas fases.

Desde então, os clientes devem fazer o pagamento em uma conta do Gazprombank em euros ou dólares e depois convertê-la para rublos em uma segunda conta aberta na mesma entidade.

Embora a União Europeia considere este mecanismo uma forma de burlar as sanções impostas pelo bloco à Rússia, vários países membros da UE, preocupados com a continuidade do abastecimento, pediram esclarecimentos à Comissão Europeia, seu órgão executivo.

Na terça-feira, o grupo italiano Eni anunciou a decisão de abrir uma conta em euros e outra em rublos no banco da Gazprom.

No mesmo dia, a Gasum, empresa responsável pelas importações de gás na Finlândia, anunciou que se recusa a pagar a Gazprom Export em rublos e expressou o temor pelo corte do gás russo.

Outros países, como Polônia e Bulgária, não pagaram em rublos e já foram privados do gás da Gazprom.

Principal cliente energético da Rússia, a União Europeia busca desde o início da guerra na Ucrânia uma forma de reduzir sua dependência dos hidrocarbonetos deste país.

bur/dbh/mar/fp

GAZPROM

ENI