PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Autor de massacre no Texas anunciou no Facebook que atacaria escola

19 crianças morreram durante ataque dentro de escola primária na cidade de Udalve, no Texas - Jordan Vonderhaar / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
19 crianças morreram durante ataque dentro de escola primária na cidade de Udalve, no Texas Imagem: Jordan Vonderhaar / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

25/05/2022 15h54

O autor do massacre em Uvalde, Texas, anunciou no Facebook que planejava atacar uma escola aproximadamente 15 minutos antes de abrir fogo, disse nesta quarta-feira (25) o governador do estado, acrescentando que a arma usada foi um fuzil de assalto AR-15.

A rede social esclareceu imediatamente que o atacante havia publicado essas advertências como parte do aplicativo de mensagens privadas do Facebook e, portanto, as mensagens não foram descobertas até depois da tragédia.

Segundo Abbott, Salvador Ramos, de 18 anos, publicou sucessivamente mensagens alertando que iria atirar em sua avó, depois outra especificando que já havia atirado.

"A terceira mensagem, provavelmente menos de 15 minutos antes de chegar à escola, dizia: 'Vou abrir fogo em uma escola primária'", especificou Abbott em uma coletiva de imprensa.

Ramos, um estudante de ensino médio que acabou sendo morto pela polícia, usou um fuzil de assalto, uma arma extremamente letal, acrescentou o governador.

O Facebook está "cooperando plenamente" com a polícia que investiga o massacre, disse Andy Stone, porta-voz da empresa matriz do Facebook, Meta.

Abbott deu detalhes do ataque de terça-feira: "A primeira coisa que aconteceu foi que o atirador disparou na cara da avó".

"Ela então contatou a polícia. O jovem armado fugiu e, enquanto fugia, teve um acidente (veicular) em frente à escola de ensino fundamental e correu para a escola", acrescentou.

"Os oficiais (...) enfrentaram o atirador nesse momento. O atirador depois entrou por uma porta dos fundos e percorreu dois corredores curtos, em seguida entrou em uma sala de aulas do lado esquerdo", afirmou Abbott.

Internacional