PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Rússia se opõe a renovar a presença da OSCE na Ucrânia

28/06/2022 10h49

Kiev, Ucrânia, 28 Jun 2022 (AFP) - A Rússia vai bloquear antes de meia-noite de quinta-feira (28) a renovação de uma missão permanente na Ucrânia da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), uma organização internacional que está presente neste país há 23 anos, afirmaram fontes diplomáticas.

"Tem o poder de bloquear o mandato no final de junho e disse que fará isso", declarou à AFP o coordenador da missão, o embaixador dinamarquês Henrik Villadsen, que foi nomeado em 2018.

Esta missão da OSCE ajuda a Ucrânia a harmonizar sua legislação, suas instituições e suas práticas para que estejam de acordo com as normas democráticas.

"Infelizmente, acaba oficialmente em sete dias devido ao veto russo", afirmou na quinta-feira a presidência rotativa deste fórum, agora pertencente à Polônia.

Segundo Villadsen, a missão emprega 110 pessoas, quase todas ucranianas, envolvidas em cerca de 40 projetos associados ao governo de Kiev.

Essa equipe ajudou a melhorar a qualidade da água e auxiliou na desminagem, combate ao tráfico de pessoas, corrupção e violência conjugal.

Na OSCE, com sede em Viena, todas as decisões são tomadas por consenso.

Esta organização, que data de 1975, em plena Guerra Fria, foi criada para incentivar um diálogo entre o bloco do Leste e o Ocidente.

Atualmente tem 57 Estados-membros, incluindo países da Otan e também aliados tradicionais da Rússia.

bg/pop/clr/an/mb/aa