PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Vazamento de gás em porto deixa 13 mortos na Jordânia

28/06/2022 06h19

Amã, 28 Jun 2022 (AFP) - Treze pessoas morreram e mais de 250 ficaram feridas na segunda-feira (27) na Jordânia após a queda de um contêiner de gás tóxico no porto de Aqaba, informou uma fonte oficial.

Um vazamento de cloro ocorreu às 15h15 no porto de Aqaba após a queda de um contêiner de gás líquido, causando a morte de 13 pessoas e deixando mais de 250 feridos jordanianos e estrangeiros", segundo a célula de crises do governo.

De acordo com as autoridades, 123 pessoas continuam hospitalizadas.

Oito mortos têm nacionalidade jordaniana e quatro origem asiática.

Segundo funcionários que não quiseram ser identificados, o contêiner caiu de uma embarcação, na zona sul do porto evacuado.

O primeiro-ministro jordaniano, Bicher Al-Khasawneh, e seu ministro do Interior, Mazen Al-Faraya, foram até o local, de acordo com a rede de televisão oficial Al-Mamlaka.

O porto da cidade de Aqaba, um dos principais do mar Vermelho, é o único porto marítimo do reino hachemita, por onde passa a maioria das importações e exportações jordanianas.

Segundo imagens veiculadas pela TV, um guindaste que sustentava o contêiner deixou o mesmo cair sobre a embarcação. Após o impacto, uma fumaça amarela escapou imediatamente, enquanto as pessoas tentavam fugir.

O subchefe da autoridade portuária da região de Aqaba, Haj Hassan, disse à Al-Mamlaka que um "cabo de ferro que carregava um contêiner contendo uma substância tóxica se rompeu, o que causou a queda e o vazamento da mesma".

kt/hj/bk/eg/mb/ic/lb