PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Sobe para 27 número de mexicanos mortos em caminhão nos EUA

29/06/2022 11h13

México, 29 Jun 2022 (AFP) - As autoridades mexicanas aumentaram de 22 para 27 o número de compatriotas mortos em um caminhão que os transportava clandestinamente por uma estrada americana, informou o governo do México nesta quarta-feira (29).

O chefe do Instituto Nacional de Migração (INM), Francisco Garduño, apresentou na conferência presidencial matinal um relatório sobre esta tragédia que deixou 51 pessoas sem documentos mortas.

"São 27 mexicanos mortos, 14 hondurenhos, sete guatemaltecos, dois salvadorenhos e um corpo sem identificação", detalhou Garduño.

O caminhão foi encontrado abandonado na segunda-feira à tarde nos arredores de San Antonio, Texas.

Segundo relatos das autoridades mexicanas, 67 migrantes viajavam sem documentos em condições de superlotação e sem ventilação.

Três mexicanos estão entre os 16 sobreviventes, acrescentou o chefe do INM.

As autoridades americanas informaram a captura de três homens como supostos responsáveis por esta tragédia, a maior que envolveu migrantes sem documentos nos Estados Unidos.

O motorista foi identificado como Homero N, "que tentou se passar como um dos sobreviventes, portanto foi detido com outros dois supostos responsáveis", acrescentou Garduño.

O veículo usava a placa de uma empresa americana de Alamo, Texas, a qual negou que fosse de sua propriedade.

O INM, a Procuradoria-Geral e a Chancelaria mexicana estabeleceram uma "mesa de coordenação" para colaborar com as autoridades americanas na investigação.

Garduño compartilhou o trajeto feito pelo caminhão, segundo as autoridades americanas, mas não deu detalhes sobre se foi visto em território mexicano.

sem/dga/aa