PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Julgamento contra migrantes que tentaram entrar em Melilla começa no Marrocos

04/07/2022 17h45

Rabat, 4 Jul 2022 (AFP) - O processo contra 36 migrantes acusados de entrar ilegalmente no Marrocos, com o objetivo de chegar ao enclave espanhol de Melilla, teve início nesta segunda-feira (4), mas foi adiado assim que começou, segundo seus advogados.

"Pedimos o adiamento para organizar melhor os autos, aos quais se uniram outros advogados de defesa", explicou à AFP Khalid Ameza, um dos juristas.

Os migrantes são acusados de "entrar ilegalmente em solo marroquino", "violência contra agentes da força pública", "tumulto armado" e "resistência à autoridade".

A audiência foi marcada para 12 de julho em Nador, norte do Marrocos, divisa com Melilla.

Um segundo grupo de 29 migrantes (entre eles um menor) será julgado em Nador em 13 de julho, explicou Ameza.

Eles também foram acusados de "associação criminosa com o objetivo de organizar e facilitar a imigração clandestina no exterior".

Os 65 acusados eram parte de um grupo de quase 2.000 migrantes que tentaram entrar à força no final de julho no enclave espanhol de Melilla, situado ao norte do Marrocos. A maioria é procedente de Darfur, uma região do oeste do Sudão que está à beira de uma crise alimentar, e entraram no Marrocos através da Líbia e Argélia.

Ao menos 23 migrantes morreram e 140 policiais ficaram feridos, embora algumas ONGs elevem o balanço a 37 mortos.

O número de vítimas é o mais alto já registrado nas diversas tentativas de entrar em Melilla e Ceuta, outro enclave da Espanha no norte da África, as únicas fronteiras terrestres da União Europeia com o continente.

A tragédia provocou comoção internacional, com palavras de condenação muito duras por parte da ONU, a abertura de duas investigações na Espanha, além de uma missão de informação em Marrocos.

O Marrocos criticou os "métodos muito violentos" dos migrantes irregulares e o "relaxamento deliberado" da Argélia no controle da fronteira compartilhada.

isb-kao/agr/ezz/bk/grp/jvb/jc/jc