Níger anuncia que 23 soldados morreram em emboscada 'terrorista'

Ao menos 23 soldados morreram esta semana em uma emboscada "terrorista" durante uma operação no oeste do Níger, perto da fronteira com Burkina Faso e Mali, informou o governo. 

Os soldados participavam em uma operação de segurança em Tillaberi, na área de fronteira entre os três países, na terça-feira e quarta-feira. Eles morreram durante uma "emboscada complexa", afirmou o Ministério da Defesa do Níger.

"Quase 30 terroristas foram neutralizados", afirma um comunicado.

O objetivo da operação do Exército era "tranquilizar os moradores que eram vítimas dos grupos armados que executam assassinatos, extorsão e roubo de gado", acrescenta a nota.

Mais de 100 "terroristas" atacaram a unidade do Exército entre Teguey e Bankilare, com "bombas de fabricação caseira e veículos suicidas", afirmaram as Forças Armadas.

Além dos 23 soldados que morreram, outros 17 ficaram feridos.

Desde julho de 2023, Níger é governado por militares que tomaram o poder pela força para, segundo eles, acabar com a violência jihadista. 

bh/gil/ach/es/an/fp

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes