Cinco deputados são hospitalizados por repressão a protesto em frente ao Congresso argentino

Cinco deputados foram hospitalizados depois de terem sido reprimidos com gás pela polícia em uma grande manifestação perante o Congresso argentino, que debate nesta quarta-feira (12) um projeto de lei crucial para a governabilidade do presidente Javier Milei, informou uma deputada.

"É um dia muito violento, em 40 anos de democracia nunca vi uma repressão como essa", disse à AFP a deputada da oposição Cecilia Moreau ao confirmar que cinco deputados foram atingidos pelo gás. O Senado discute a lei que inclui uma reforma trabalhista, privatizações, incentivos ao investimento estrangeiro e uma polêmica delegação de poderes legislativos ao presidente ultraliberal.

lm-sa-tev/nn/mvv/aa/yr

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes