Suprema Corte de EUA anula proibição de acessório que transforma armas em metralhadoras

A Suprema Corte dos Estados Unidos revogou nesta sexta-feira (14) uma lei federal que proíbe os "bump stocks", um dispositivo que aumenta a cadência dos fuzis semiautomáticos, transformando-os em metralhadoras. 

Por seis votos favoráveis e três contrários (dos magistrados progressistas), o tribunal determinou que a Agência de Álcool, Tabaco, Armas de Fogo e Explosivos (ATF) ultrapassou seus limites em 2018 ao reclassificar os "bump stocks" como metralhadoras, proibidas por uma lei de 1934, durante a época da Lei Seca.

sst/aem/erl/nn/jc/aa

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes