Anouk Aimée, ícone do cinema francês, morre aos 92 anos

A atriz Anouk Aimée, um dos grandes símbolos do cinema francês do século XX, morreu nesta terça-feira (18) em sua casa em Paris aos 92 anos, anunciaram seu agente e sua família.

A estrela de "Um Homem, Uma Mulher", "Lola" e "La Dolce Vita", entre outros clássicos do cinema, "faleceu esta manhã", declarou Sébastien Perrolat, da agência TimeArt.

Sua filha, Manuela Papatakis, expressou a "imensa tristeza" com a morte da mãe em uma mensagem publicada no Instagram.

"Estava ao lado dela quando faleceu esta manhã, em sua casa, em Paris", acrescentou.

Anouk Aimée, cujo nome real era Françoise Dreyfus, nasceu em 27 de abril de 1932 na capital francesa. 

Ela conquistou fama internacional com o filme "Um Homem, Uma Mulher", do diretor Claude Lelouch, premiado no Festival de Cannes em 1966 e vencedor do Oscar de filme estrangeiro em 1967.

Aimée venceu um Globo de Ouro e foi indicada ao Oscar de melhor atriz por este longa-metragem, em que contracena com Jean-Louis Trintignant.

jfg-fbe/mch/gvy/meb/es/fp/aa

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes