Alemanha vence Hungria (2-0) e se garante nas oitavas da Euro

A Alemanha é a primeira classificada para as oitavas de final da Eurocopa 2024, ao vencer a Hungria por 2 a 0 nesta quarta-feira (19) e somar sua segunda vitória em dois jogos no Grupo A.

Jamal Musiala abriu o placar aos 22 minutos e o capitão Ilkay Gündogan aumentou a vantagem no segundo tempo (67').

Com seis pontos, a 'Mannschaft' é líder isolada da chave e na pior das hipóteses terminaria entre os quatro melhores terceiros colocados contando todos os grupos, o que lhe permite avançar no torneio.

O jogo começou movimentado, com ambas as seleções buscando o gol, como na primeira tentativa de Kai Havertz (4') e no chute desviado de Bendeguz Bolla (7').

Havertz teve a primeira chance clara da partida, após levar a melhor sobre Willi Orban e bater de longe para a defesa do goleiro Péter Gulacsi (11').

Minutos depois, a Alemanha saiu na frente depois que Gündogan ganhou dividida na área com Orban e rolou para Musiala marcar, entre os protestos dos jogadores húngaros que pediam falta do capitão alemão no lance.

"Nunca reclamei na minha carreira como jogador e treinador, nunca procurei desculpas, mas o que o árbitro fez hoje... usou um duplo padrão", criticou o técnico da Hungria, o italiano Marco Rossi.

"O árbitro permitiu um gol depois de um empurrão em Orban. No segundo tempo, em uma jogada similar sobre [Robert] Andrich, o árbitro marcou falta", continuou.

"Do meu ponto de vista, a Alemanha ganharia de qualquer maneira, mas o árbitro foi o pior em campo", concluiu Rossi.

Continua após a publicidade

- Defesa decisiva de Neuer -

Depois de sofrer o gol, a Hungria foi com tudo em busca do empate e conseguiu uma falta na entrada da área. Dominik Szoboszlai cobrou com categoria e Neuer voou no ângulo direito para fazer uma defesa decisiva e evitar o empate.

A Alemanha levou o susto a sério e passou a valorizar a posse de bola, trocando passes e cercando o gol de Gulacsi. No final do primeiro tempo, Musiala quase fez o segundo (44'). Pouco depois, a Hungria chegou ao gol com Roland Sallai mandando a bola para as redes de cabeça, mas o lance foi anulado por impedimento (45'+2).

O segundo tempo foi muito diferente das idas e vindas que do início do duelo, com os goleiros praticamente sem trabalhar até que a Hungria teve a primeira chance em uma cabeçada de Bernabás Varga (60') que passou perto da trave.

Os alemães não demoraram para responder. Depois de boa troca de passes, o lateral-esquerdo Maximilian Mittelstadt invadiu a área e passou para Gündogan só empurrar para o gol e fazer o segundo.

O gol praticamente definiu a vitória da 'Mannschaft', que ainda assim continuou criando oportunidades, enquanto a Hungria parecia entregue, mesmo com apoio da torcida nas arquibancadas.

Continua após a publicidade

Apesar disso, Orbán teve a última chance clara do jogo, afastada por Joshua Kimmich em cima da linha (90').

A Alemanha soma seis pontos em duas rodadas e vai encerrar a fase de grupos no próximo domingo, contra a Suíça, que venceu a Hungria na estreia por 3 a 1.

"Queremos terminar em primeiro lugar, isso é importante. Queremos vencer todas as partidas e depois vamos ver contra quem vamos jogar. Ainda falta um jogo", declarou em entrevista coletiva o técnico da seleção alemã, Julian Nagelsmann.

Com duas derrotas, a seleção húngara fica em situação muito complicada na Euro, depois de uma campanha praticamente perfeita nas Eliminatórias (cinco vitórias e três empates).

cpb/nip/iga/ma/cb/dd

© Agence France-Presse

Deixe seu comentário

Só para assinantes