Polícia alemã afasta risco de atentado terrorista em Munique

O risco terrorista em Munique, no Sul da Alemanha, voltou ao nível em que estava antes das ameaças de atentados na véspera da passagem de ano e já não é considerado iminente, anunciou hoje (1º) a polícia local.

"Globalmente, avalio a situação em Munique [em termos de risco terrorista] como sendo aquela que prevalecia antes destas ameaças concretas de atentados", disse a jornalistas o chefe da polícia de Munique, Hubertus Andrä. Ele disse que, "com base nos últimos elementos da investigação, não há o risco de atentado em Munique".

O alerta tinha sido dado na quinta-feira (31) à noite, depois de autoridades alemãs terem recebido indicações de dois serviços de informação estrangeiros "de países amigos", acrescentou o responsável, sem dar mais detalhes.

O chefe da polícia reconheceu que as autoridades alemãs não sabem se os suspeitos realmente existem. "Não sabemos se os nomes existem, se estas pessoas existem realmente e, se sim, onde elas se encontram."

Na noite passada, a polícia alemã revelou ter "indicações de que um ataque terrorista" estava sendo preparado no sul da cidade de Munique. As autoridades evacuaram duas estações de metrô e apelaram à população para que evitasse grandes concentrações.

Algumas horas depois do alerta, o ministro do estado da Baviera, Joachim Hermann, afirmou que o movimento extremista Estado Islâmico (EI) teria planejado um atentado suicida em Munique, na véspera do Ano-Novo.

Hermann declarou que, apesar de não haver 100% de certezas, as informações recebidas eram muito importantes, por isso não podiam ser ignoradas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos