Imigrantes subsaarianos tentam entrada na fronteira entre Ceuta e o Marrocos

Um grupo de 200 emigrantes subsaarianos voltou, hoje (4) de madrugada, a tentar entrar na fronteira norte entre Ceuta e o Marrocos, tendo sido impedido pela polícia marroquina.

Segundo informou à agência espanhola de notícias Efe um porta-voz do governo, os imigrantes começaram a se concentrar no monte marroquino de Beliones no fim da tarde deste domingo, como mostram as gravações das câmeras de segurança.

A presença da Guarda Civil foi pedida devido ao aglomerado de imigrantes, cerca de 200, todos eles subsaarianos.

Os imigrantes começaram a descer pelo monte em direção à fronteira, mas foram contidos pela polícia marroquina, que instalou um dispositivo de segurança na área.

Cerca de duas dezenas de veículos da Guarda Civil deslocaram-se para o lado espanhol da fronteira, onde permaneceram até a manhã de hoje, prevendo novas ondas de imigrantes, o que não ocorreu. Os que estavam no local foram dispersados.

A tentativa de passagem na fronteira já havia ocorrido em 25 de dezembro, quando um grupo de 185 imigrantes africanos entrou ilegalmente em Ceuta pelo mesmo local de Benzú.

Duas pessoas morreram no lado marroquino. No último sábado (2), foi registrada a morte de mais um imigrante subsaariano, localizado em águas espanholas próximas da fronteira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos