Desgaste de rocha provocou acidente em Vila Velha

O deslizamento de uma grande pedra em Vila Velha (ES), que destruiu casas no morro da Boa Vista, foi provocado por um desgaste natural, chamado meteriorização. O diagnóstico foi apresentado hoje (5) pela Defesa Civil e pela prefeitura da cidade.

O desgaste, segundo a Defesa Civil, é resultado de um processo de desintegração, que leva milhares de anos e que pode acontecer no tipo de rocha que deslizou. De acordo com o prefeito, Rodney Miranda, trabalhos para estabilização das rochas são feitos no local.

"Estamos prevendo nos próximos dias começar a fazer a estabilização daquela rocha lá de cima através de uma amarração com cabo de aço, de uma para a outra até dar estabilidade. Vamos colocar estacas na principal, na que sobrou do bloco que caiu".

Na noite do dia 1º, uma pedra rolou na encosta do morro da Boa Vista, atingindo casas. Segundo os bombeiros, cinco pessoas foram encaminhadas para atendimento em hospitais e dez tiveram ferimentos leves e não precisaram de encaminhamento. As buscas por vítimas foram encerradas e não há desaparecidos.

No último domingo (3) a prefeitura forneceu caminhões para que as famílias pudessem retirar seus pertences das casas. Até o momento a Secretaria de Assistência Social cadastrou 355 famílias, totalizando 1.217 pessoas.

Ao todo, 111 pessoas estão abrigadas em uma escola. Todas as famílias recebem alimentação, kits de higiene pessoal, colchonetes, lençóis, travesseiros e entretenimento para crianças e jovens. As famílias que permanecem no morro da Boa Vista estão sendo notificadas pela prefeitura para deixarem suas casas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos