Liga Árabe tem reunião de emergência sobre crise entre Arábia Saudita e Irã

A Liga Árabe reúne-se hoje (10) de emergência, a pedido da Arábia Saudita, para discutir os ataques a representações diplomáticas sauditas no Irã, em protesto pela execução, pela Arábia Saudita, de um influente dirigente religioso xiita.

Segundo Ahmed Ben Helli, secretário-adjunto da organização, a reunião "extraordinária" vai analisar a crise entre as duas potências regionais e "as ingerências iranianas nos assuntos internos árabes".

A crise entre os dois países já levou a Arábia Saudita e vários aliados a cortarem relações diplomáticas com o Irã.

O motivo é a execução do clérigo e ativista xeque Nimr al-Nimr, crítico da atuação do regime saudita em relação à minoria xiita do reino, condenado à morte por "terrorismo" e executado juntamente com outras 46 pessoas, maioria condenada por atentados cometidos pela Al-Qaeda.

A execução provocou uma guerra diplomática entre Teerã e Riade e manifestações violentas das comunidades xiitas, não apenas no Irã como também no Iraque, Líbano, Bahrein, Paquistão e Cachemira indiana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos