Ataque a centro comercial em Bagdá mata pelo menos 12 pessoas

Homens armados atacaram hoje hoje (11) de manhã um centro comercial de Bagdá, onde explodiram um carro-bomba e sequestraram várias pessoas. De acordo com a polícia iraquiana, o atentado terminou com um saldo de pelo menos 12 mortes e 14 feridos.

"As forças de segurança iraquianas assumiram totalmente o controle, os assaltantes foram mortos e os reféns libertados", declarou uma coronel da policial do Iraque.

Segundo o coronel, os atacantes permaneceram por longo tempo no interior do centro comercial no bairro de Bagdad al-Jadida, no leste da capital iraquiana. "Eles estavam dentro do Centro Comercial Zahrat. Quando as forças de segurança se aproximaram, eles mataram três reféns."

"Adotamos uma abordagem prudente. Acabamos com o sequestro com o menor número de vítimas possível", acrescentou. Médicos de Bgadá confirmaraa inicialmente a morte de oito pessoas e ferimentos em outras 14.

O centro comercial é um edifício de quatro ou cinco andares num popular bairro comercial, de população maioritariamente xiita.

O Ministério do Interior do Iraque informou que um número ainda não determinado de homens armados começou a disparar em plena rua, após a explosão de um carro-bomba, entrando em seguida no edifício do centro comercial.

Unidades antiterroristas dos serviços de informações foram destacadas para o local e atiradores de elite foram colocados em edifícios próximos do centro.

O ataque não foi reivindicado até ao momento, mas uma fonte policial descreveu os atacantes como "vestidos à maneira" do grupo extremista Estado Islâmico.

O grupo tem reivindicado vários atentados em Bagdad contra civis xiitas.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos