Aquisição de crédito para custeio da safra 2015/2016 aumentou 20%

 

Brasília - O ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Nassar, fala sobre o crédito agrícola, e faz um balanço da contratação do crédito pelos produtores nesta safra (Elza Fiuza /Agência Brasil)

O ministro interino da Agricultura, André Nassar, fez balanço da contratação de crédito pelos produtores rurais para a safra 2015/2016 Elza Fiúza/Agência Brasil

Os produtores rurais aumentaram a contratação de crédito para o custeio da safra 2015/2016. De julho a dezembro de 2015, segundo o Ministério da Agricultura, houve aumento de 20% em relação ao mesmo período de 2014, chegando a num total de R$ 51,2 bilhões.

Os números foram apresentados hoje (14) pelo ministro interino, André Nassar. No segundo semestre de 2015, seis primeiros meses da atual safra, o total contratado, incluídos custeio, comercialização e investimento, apresentou ligeira alta na comparação com 2014, passando de R$ 76,304 bilhões para R$ 76,491 bilhões. O resultado representa 41% dos R$ 187,7 bilhões disponibilizados pelo governo Federal.

De acordo com o ministro, só o custeio foi responsável por 67% dos recursos contatados, significando 298 mil operações, dinheiro usado no plantio, compra de insumos e na colheita. O gasto com a comercialização permaneceu estável em R$ 12 bilhões. O investimento, no entanto, registrou queda. Passou de R$ 21,4 bilhões, em 2014, para R$ 13 bilhões, em função da diminuição da procura por esse tipo de financiamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos