COI se reúne com prefeitura para detalhar operação para os Jogos Olímpicos

A décima terceira avaliação do projeto dos Jogos Olímpicos de 2016, feita por integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) e da prefeitura do Rio de Janeiro, entrou na fase de detalhamento da operação para a Olimpíada.

Após o encontro desta quinta-feira (14), o prefeito Eduardo Paes informou que a reunião foi ótima e que o questionamento por informações mudou, passando para questionamentos sobre construções já existentes na cidade.

Os membros do COI questionaram o prefeito sobre o andamento das obras de reforma do Engenhão e do Maria Lenk. "Isso é um lado positivo, porque nunca tinham me perguntado do Engenhão nem do Maria Lenk numa reunião da Olimpíada. Isso mostra que os novos equipamentos estão sendo entregues." Paes também comemorou o fato de o orçamento do Comitê Organizador dos Jogos estar balanceado e sem déficit.

Eduardo Paes disse que ainda há muito trabalho a ser feito. "A gente sai daqui cheio de tarefas e missões [a cumprir], mas com muito otimismo."

O prefeito também negou a possibilidade de a prefeitura arcar com os custos da estrutura de uma arquibancada móvel de quatro mil lugares para o público acompanhar a reta final das provas de remo e canoage. 

"A arquibancada flutuantepoderia ficar muito bonita, mas isso geraria uma gritaria ambiental e custaria muito", concluiu Eduardo Paes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos