Paralisação de terceirizados fecha dez postos de vistoria do Detran no Rio

Dez postos de vistoria do Departamento Estadual de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ) foram fechados hoje (18) por causa de uma paralisação de funcionários da empresa terceirizada Prol, que presta serviço para o órgão. Os empregados alegam falta de pagamento.

Ficaram sem atendimento postos da capital fluminense - Largo do Machado, Barra da Tijuca, Estácio - e do interior do estado - Paracambi, Petrópolis, Resende, Paty do Alferes, Barra do Piraí, Volta Redonda e Paraíba do Sul.

Em nota, o Detran informou que o pagamento da empresa terceirizada está em dia e que está em contato com a Prol para que o salário dos funcionários seja pago o mais rápido possível.

O Detran não informou quantos atendimentos deixaram de ser realizados hoje por conta do fechamento dos postos.

Os cidadãos que ficaram sem atendimento por causa da paralisação foram orientados a retornar aos postos, sem necessidade de novo agendamento, após a normalização do serviço. "O Detran já está providenciando uma maneira de atender aos clientes que precisam realizar serviços que dependem de prazo, como transferência de propriedade e primeira licença."

Questionado pela reportagem, o Detran não respondeu se a empresa terceirizada poderá ser penalizada por causa da paralisação. A Agência Brasil procurou o Grupo Prol, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos