Chuva acima da média em Brasília alaga vias e deixa veículos submersos

Brasília - Fortes chuvas inundam tesourinhas e viadutos pela cidade, causando transtornos e acidentes (José Cruz/Agência Brasil)

Motorista teve o carro inundado após tentar atravessar alagamento em via de Brasília José Cruz/Agência Brasi

As fortes chuvas que atingem Brasília desde o começo do ano provocaram hoje (23) novos alagamentos em vias da cidade e deixaram veículos ilhados e até submersos, inclusive na área central.

Quando o servidor público Josemir Alves estava chegando em casa, a chuva que caia no Distrito Federal, por volta das 17h, ficou ainda mais intensa. No caminho, debaixo de um viaduto, ele viu a água acumulada, mas acreditou que conseguiria passar. "Achei que dava [para passar] e a água foi subindo muito rápido e chegou na porta [do carro]. Eu estava lá no meio e já estava perdendo o controle e o carro começou a rodar", contou.

Para a sorte do servidor público, outro motorista, que estava em um carro utilitário, maior, viu a cena e decidiu ajudar. Erilberto de Jesus Mendes, mecânico de helicóptero, tinha uma corda no carro e com a tração mais forte conseguiu resgatar o veículo de Josemir, numa operação que durou meia hora.

Brasília - Fortes chuvas inundam tesourinhas e viadutos pela cidade, causando transtornos e acidentes (José Cruz/Agência Brasil)

De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, chuvas em Brasília estão acima da média para o mês de janeiroJosé Cruz/Agência Brasi

"Eu já tinha desistido de passar por este caminho. Foi quando eu vi este outro carro e vi que podia ajudar. No meu, que é mais alto, a aguá já chegou na porta", contou. 

Mesmo após o resgate improvisado, outros motoristas tentaram passar pelo mesmo alagamento. Uma equipe do Corpo de Bombeiros que estava atendendo à outra ocorrência passou pelo local e conseguiu salvar o veículo.

"Às vezes, as pessoas não acreditam que está tão fundo", disse o Capitão Eduardo, do 1º Grupamento dos Bombeiros Militares. O militar disse que, muitas vezes, os motoristas arriscam atravessar os alagamentos e acabam com os veículos submersos.

A situação pode ficar ainda mais grave, segundo o bombeiro, se dentro do veículo houver pessoas vulneráveis, como crianças e idosos. "Se tiver pessoas que não têm condições de se defender sozinhas como crianças e pessoas com dificuldade de locomoção, por exemplo, podem acontecer afogamentos", completou.

De acordo com o Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, foram registradas pelo menos 10 ocorrências neste sábado relacionadas às chuvas. As equipes foram acionadas para retirar veículos da água e para isolar áreas até que a situação seja normalizada. Os locais mais afetados no Plano Piloto foram um viaduto próximo a uma ponte e as chamadas tesourinhas - como são conhecidos alguns retornos das vias da cidade.

Brasília - Fortes chuvas inundam tesourinhas e viadutos pela cidade, causando transtornos e acidentes (José Cruz/Agência Brasil)

Corpo de Bombeiros do Distrito Federal registrou pelo menos 10 ocorrências relacionadas às chuvas neste sábado José Cruz/Agência Brasi

Mais chuva
De acordo com o meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia, Hamilton Carvalho, desde 1º de janeiro, choveu quase todos os dias em Brasília, menos no dia 5. E a previsão é de mais chuva para a cidade, pelo menos até a próxima quinta-feira (28).

"Com 23 dias já choveu mais que a média para o mês de janeiro. Continuando neste ritmo, a chuva este mês pode ficar 80% acima da média", calculou.

Segundo Carvalho, a média de chuvas em janeiro no Distrito Federal é de 247,4 milímetros. A uma semana do fim do mês, a marca já ultrapassou 365,5 milímetros de chuva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos