Fifa confirma cinco candidatos para eleições em fevereiro

A Federação Internacional de Futebol confirmou, na manhã de hoje (26), o nome de cinco candidatos à presidência da entidade. De acordo com documento publicado pela Fifa, Ali Bin Al-Hussein (príncipe da Jordânia), Salman Bin Ebrahim Al-Khalifa (sheik do Bahrain), Jerôme Champagne (França), Gianni Infantino (italiano naturalizado suíço) e Tokyo Sexwale (África do Sul) concorrem ao cargo na eleição que acontece no dia 26 de fevereiro (daqui a um mês).

Como era de se esperar, os nomes de Michel Platini (França) e Musa Hassan Bility (Libéria) foram retirados da lista. Platini desistiu das eleições após ser acusado de corrupção e suspenso do futebol por oito anos. Ele afirmou que deixou as eleições de lado por não ter tempo para fazer campanha já que tem de preparar a sua defesa. Musa Hassan Bility foi impedido de participar das eleições na etapa de "controle de integridade". A Fifa não divulgou a causa da exclusão.

Com isso, a eleição do sucessor de Joseph Blatter na entidade não terá, mais uma vez, nenhum ex-atleta ou técnico. Todos os cinco candidatos atuam ou atuaram como dirigentes de federações ou confederações de futebol. 

*Com informações da Fifa

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos