Informação de tiroteio em centro médico dos EUA pode ter sido alarme falso

Investigações da polícia no Centro Médico da Marinha em San Diego indicam que aparentemente foi alarme falso a informação de um possível tiroteio no local. O próprio hospital, que pertence à Marinha americana, havia postado um alerta em seu perfil no Facebook sobre o incidente.

"ATENÇÃO! Um atirador ativo acaba de ser avistado no prédio 26 do Centro Médico da Marinha em San Diego. Todos os ocupantes são aconselhados a executar, ocultar ou lutar. Todo o pessoal de resposta não emergenciais está sendo convidado a ficar longe do composto", dizia o alerta.

De acordo com o porta-voz da Marinha, Kevin Dixon, o alerta teve como base o relato de alguém que teria testemunhado três disparos no interior do prédio, que engloba quartel, um ginásio e escritórios administrativos.

Segundo Dixon, o relato da testemunha levou a uma série de ações do centro médico e de oficiais de atividades de defesa, mas não há vestígios que possam confirmar os disparos. Conforme Dixon, as investigações não foram finalizadas. Elas ainda levarão um longo tempo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos