Terreirão do Samba e blocos de rua animam fim de semana pré-carnaval no Rio

banner_carnaval_2016

O carnaval carioca oferece um leque variado de opções ao folião - do desfile das grandes e pequenas escolas de samba às centenas de blocos de rua e aos bailes populares ou em clubes. Para quem gosta de passar a noite curtindo shows de samba e pagode, o lugar ideal é o Terreirão do Samba, atração que há décadas leva milhares de pessoas à Praça Onze, berço do carnaval do Rio de Janeiro.

A festa de encerramento do Mês da Consciência Negra teve a distribuição gratuita de feijoada no Terreirão do Samba, que fica ao lado do Monumento Zumbi dos Palmares.(Foto Reporter Akemi Nitahara/Agência Brasil)

Quiosques  que  vendem  comidas  típicas estão entre as  atrações do Terreirão do Samba  Arquivo/Agência Brasil

Além dos shows, dois fatores atraem o público: a praça de alimentação, com cerca de 35 quiosques que vendem comidas típicas e a proximidade com a passarela da Marquês de Sapucaí. Essa combinação de samba e comidas típicas leva ao espaço todos os anos milhares de foliões, muitos deles vestindo as fantasias com que desfilaram, ou vão desfilar, nas escolas dos grupos A e Especial, no vizinho Sambódromo.

Este ano, o Terreirão inova, abrindo pela primeira vez uma semana antes da abertura oficial do carnaval. A primeira noite é nesta sexta-feira (29), a partir das 20h, com apresentação da Trilogia, formada pelos grupos Imaginasamba, Tá na Mente e Nosso Sentimento. Também se apresentam hoje DJs e os grupos Vou Zuar, Beleléu e Brasil Samba Show. Na noite de amanhã (30),  as estrelas serão os cantores Xande de Pilares e Belo e os sambistas Gamadinho e Pinha.

Depois do fim de semana, o Terreirão faz uma pausa e retoma os shows na sexta-feira (5), tendo como destaque o grupo Sorriso Maroto. No sábado (6), a atração é a cantora Preta Gil ; no domingo (7), o cantor Arlindo Cruz; na segunda-feira (8), o cantor Marquynhos Sensação e o grupo Swing & Simpatia; e, na terça (9), o cantor Ferrugem e o grupo Clareou. 

Em 2012, o Terreirão passou por uma ampla obra de modernização, que aumentou sua capacidade para 16 mil pessoas por noite de evento. O palco, que tem o nome de um dos primeiros compositores do samba, João da Baiana (1887-1974), ganhou uma cobertura em forma de concha e quatro camarins, que proporcionam maior conforto aos artistas. Os ingressos para o Terreirão do Samba custam R$ 15.

Na noite desta sexta-feira, seis blocos de rua desfilam em vários pontos da cidade: Badalo de Santa Teresa, Unidos do Chapadão, em Ramos, Ih, é Carnaval, na Urca, Molha o Pé das Oito e É Pequeno, Mas Vai Crescer, no centro, e É o bicho folia, em Irajá. Com exceção do Badalo, que não desfila, mas fica paraddo no Largo das Neves, em Santa Teresa, os demais são blocos pequenos, com expectativa de reunir algumas centenas de foliões cada.

No sábado e no domingo (31), é que saem os blocos que sempre arrastam multidões em diversos bairros cariocas. A listagem oficial atualizada, divulgada nesta sexta-feira pela Riotur, a empresa de turismo da Prefeitura do Rio, contabiliza mais de 70 blocos no sábado e igual número no domingo, distribuídos pelo centro e pelas zonas sul, norte e oeste.

Rio de janeiro - O Bloco Simpatia é Quase Amor completa 30 anos de carnaval carioca, desfila na orla de Ipanema, zona sul da capital fluminense (Tomaz Silva/Agência Brasil)

O  Bloco  Simpatia  é  Quase  Amor  completou  30  anos  de  carnaval  no  ano  passado     Arquivo/Agência Brasil

Amanhã o Simpatia É Quase Amor, filiado à Sebastiana - Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro - espera atrair mais de 100 mil foliões, a partir das 16h, em Ipanema. Em Laranjeiras, desfila, a partir das 17h, sai outra agremiação vinculada à Sebastiana, o Bloco da Ansiedade, cuja especialidade é o frevo.

No domingo, o Bloco da Preta, da cantora Preta Gil, espera arrastar cerca de 400 mil pessoas na Rua Primeiro de Março, no centro, a partir do meio-dia. Com expectativa de um número bem menor de foliões, dois blocos tradicionais, também filiados à Sebastiana, desfilam nesse dia: o Suvaco do Cristo, no Jardim Botânico, a partir 10h, e o Escravos da Mauá, na zona portuária, com saída às 13h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos