Prefeito do Rio diz que vírus Zika não terá impacto nos Jogos Olímpicos

banner_carnaval_2016

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, disse hoje (5) que não acredita que a ocorrência de vírus Zika possa comprometer os Jogos Olímpicos do Rio 2016, que começam em agosto. Paes participou nesta sexta-feira da entrega da chave da cidade ao Rei Momo, abrindo oficialmente o carnaval.

Em coletiva após o evento, Paes respondeu em inglês, a uma jornalista estrangeira, sobre eventuais impactos do vírus Zika sobre os Jogos.

Rio de Janeiro - O prefeito Eduardo Paes entrega a chave da cidade ao Rei Momo, Wilson Dias da Costa Neto, no Palácio da Cidade, e oficializa o início do carnaval carioca (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O prefeito Eduardo Paes entrega a chave da cidade ao Rei Momo, Wilson Dias da Costa Neto, no Palácio da Cidade, e oficializa o início do carnaval carioca Tânia Rêgo/Agência Brasil

"Não acho que haverá impacto [nos Jogos Olímpicos], principalmente porque nesta época do ano [agosto] é a estação de seca, no inverno, e não temos histórico de ação do mosquito nesse período. A pior parte do ano é o verão, mas estamos tomando as devidas precauções."

O prefeito disse que medidas para conter o alastramento da doença estão sendo executadas pelo Poder Público, tanto em nível municipal quanto federal.

"É uma doença desconhecida, por isso gera tanta insegurança, mas as ações das autoridades brasileiras, dos governos municipais e federal, é bastante efetiva. Vamos tomar as precauções e os cuidados. O time da prefeitura está todo na rua. Temos ampliado a nossa rede de agentes de saúde, que está trabalhando direto nisso."

Abertura do carnaval
Paes, que termina seu mandato este ano, passou pela última vez a chave da cidade ao Rei Momo, Wilson Neto, após oito carnavais como prefeito.

"É uma alegria enorme estarmos aqui abrindo o carnaval do Ano Olímpico do Rio de Janeiro. O que a gente pede para as pessoas é que elas curtam o carnaval com muita paz e muita tranquilidade. Tenho certeza que vamos ter cinco dias de muita celebração, não só na Sapucaí como em todos os blocos que acontecem na cidade."

Em poucas palavras, o Rei Momo Wilson Neto decretou aberto o carnaval na cidade. "Decretei alegria, receptividade e confraternização, que é o verdadeiro sentido desta festa". A corte real também é composta pela rainha, Clara Paixão, e as princesas, Uillana Adães e Bianca Monteiro.

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro (Abih-RJ), mais de 90% dos quartos da rede hoteleira estão ocupados. Somado à chegada de 11 transatlânticos à cidade, com cerca de 70 mil turistas, o Rio deve receber mais de 1 milhão de visitantes no período de carnaval.

 

>> Leia mais matérias da Agência Brasil sobre o vírus Zika

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos