Rio Grande do Sul confirma primeiro caso de vírus Zika

De Porto Alegre

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre confirmou hoje (5) o primeiro caso de vírus Zika no Rio Grande do Sul. A identidade e a idade da pessoa infectada foram preservadas, mas o órgão informou que se trata de uma mulher, não gestante.

Ela é moradora do bairro Jardim Carvalho, na zona leste da capital gaúcha, e contraiu o vírus em uma viagem a Marcelândia, em Mato Grosso, no início do ano. A confirmação laboratorial foi feita pelo Instituto Fiocruz, que analisou uma amostra de sangue da paciente.

Hoje pela manhã, o secretário estadual da Saúde, João Gabbardo dos Reis, prometeu intensificar o combate à doença. Ele contou que outros 40 casos suspeitos de zika estão sendo investigados no estado, dez deles em Porto Alegre.

No dia 13 de fevereiro será realizado um mutirão em todo o estado contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor do vírus Zika. A ação vai contar com o apoio de 20 mil homens do Exército, que vão orientar a população e verificar e eliminar possíveis focos do inseto.

Aedes

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos