Jazz se consolida em pleno carnaval carioca

 

banner_carnaval_2016

A poucas quadras da multidão que seguia o tradicional Bloco Cordão da Bola Preta e rodeado de outros blocos de carnaval pelo centro da capital fluminense, um pequeno reduto na Rua do Lavradio atraiu hoje (6) dezenas de amantes do jazz. Pelo quarto ano consecutivo, o Lavradio Jazz Fest oferece shows gratuitos de jazz para variar o repertório musical durante o carnaval.

O músico americano Mark Lambert inaugurou o evento nesta tarde com o Quinteto Rádio Swing e aproveitou para mesclar músicas de Luiz Gonzaga com as de Nova Orleans. Há 12 anos vivendo no Brasil, o músico celebrou a consolidação do jazz em pleno carnaval carioca.

"Cada ano vem mais pessoas. No primeiro ano era mais foliões que vinham de blocos e acabavam invadindo o local. Hoje em dia vejo pessoas que vieram, porque queriam mesmo ouvir o jazz", disse, acrescentando que "tocar aqui é uma das melhores coisas que faço no Rio, pois mistura a história da minha terra com a daqui. O jazz e o carnaval têm muito a ver, pois é um momento de comemoração em que as pessoas colocam tudo para fora, uma alegria total".

Frequentadora do festival há três anos, a jornalista Teresa Cristina Teresa de Almeida planejava ir para um bloco de carnaval depois do show. "Gosto de diversificar. Daqui vou para um bloco e depois para a praia à noite. É importante ter opções e essa diversidade que o Rio tem é muito boa", disse.

Mais tarde, o quinteto Dolls And Dames New Orleans Band prestou homenagem às cantoras nascidas em Nova Orleans que fizeram parte do cenário musical durante os anos de 1930,1940 e 1950.

Novata no evento, a técnica em eletrotécnica Márcia Cristina Rosa do Nascimento pretende vir todos os dias do festival que termina na terça-feira (9). "Gosto de jazz e a programaçãome interessou. É muita coisa diferente que não temos contato no dia a dia", comentou ela. "Gosto de carnaval, mas fujo do tumulto e aqui está mais gostoso", disse.

Amanhã, o grupo Manouche Carioca anima a tarde com jazz cigano e o All That Jazz Band, a mais antiga banda do Rio de Janeiro especializada no Hot Jazz que toca  jazz tradicional de Nova Orleans.

Segunda, o São Jorge Brass Band leva a tradição do Carnaval de rua de New Orleans para o Rio de Janeiro. Mais tarde, o Monte Alegre Hot Jazz Band mostra seu dixieland - genero de jazz criado em 1910, em Nova Orleans - típico dos anos 1940.

Na terça, o quinteto Roda Romani pioneiro de jazz manouche do Rio toca a vertente do jazz criado na França. Encerrando o evento, a Orleans Original Jazz Band relembra expoentes como Louis Armstrong.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos