União Europeia vai liberar 10 milhões de euros para pesquisa sobre Zika

O embaixador da União Europeia (UE) no Brasil, João Gomes Cravinho, disse hoje (16) que o bloco vai liberar 10 milhões de euros para custear pesquisas sobre o vírus Zika. O anúncio foi feito após reunião de cerca de duas horas entre 24 embaixadores de países-membros da UE e o ministro da Saúde brasileiro, Marcelo Castro.

"Saímos deste encontro muito mais preparados para informar corretamente sobre a realidade do Zika", disse Cravinho ao destacar que a epidemia provocada pelo vírus é um fenômeno da globalização e que nenhum país está isento de registrar casos.

Segundo o embaixador, o edital para seleção dos projetos a serem financiados deve ser lançado no dia 15 de março. Além de institutos como a Fundação Oswaldo Cruz e o Instituto Butantan, ambos brasileiros, universidades e órgãos internacionais também poderão participar da disputa. O dinheiro será gerenciado pelo programa de pesquisas da União Europeia, denominado Horizonte 2020.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos