Aposentados protestam contra mudanças na Previdência

Dezenas de integrantes do Sindicato Nacional dos Aposentados promovem neste momento uma manifestação em frente ao Palácio do Planalto contra a reforma da Previdência. Eles começaram a manifestação minutos antes de o governo dar início, no Planalto, à terceira reunião do Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdência Social, em que pretende discutir formas de dar sustentabilidade à Previdência Social.

Por volta das 14h, mais de quarenta manifestantes empunhando cartazes caminharam pela Esplanada dos Ministérios com instrumentos de percussão e bandeiras contrárias a mudanças em direitos dos trabalhadores e dos aposentados.

Faixas com assinatura do sindicado pediam Fim da injustiça e propagavam mensagens como: Aposentados lutando por aumento real acima do mínimo, fim do imposto de renda, desaposentação, primeira parcela do 13º em junho, manutenção das farmácias populares.

De acordo com Juarez Martelozo, dirigente do sindicato, o ato foi organizado para pressionar a reunião que ocorre na tarde de hoje entre centrais sindicais, empresários e representantes do governo. Ele informou que os dirigentes da Força Sindical estarão presentes para "fazer um protesto pessoalmente".

"Estão querendo igualar a aposentadoria de homem e mulher [terem direito ao benefício aos] 65 anos. Somos contra tudo isso. Vamos fazer um oba-oba até eles terminarem a reunião", afirmou Martelozo.

Por alguns minutos, os manifestantes chegaram a bloquear a via em frente ao prédio do Palácio do Planalto, mas, depois, eles se posicionaram no gramado atrás do Congresso Nacional, e lá permanecerão até o término da reunião fórum de debates.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos