Ex-primeiro-ministro Touadéra vence presidenciais da Repúbica Centro-Africana

Nas primeiras eleições presidenciais depois da guerra civil, o ex-primeiro-ministro Faustin-Archange Touadéra foi eleito presidente da República Centro-Africana. O resulado foi anunciado hoje (20) em Bangui, capital do país, pela Autoridade Nacional Eleitoral (ANE).

No segundo turno das eleições presidenciais, anunciados pela presidente da ANE, Madeleine Nkouet Hoornaert, Toudéra conseguiu 62,71% dos votos. Ele foi o último primeiro-ministro do ex-Presidente François Bozizé, derrubado por um golpe de Estado em 2013.

O adversário, Anicet-Georges Dologuélé, também ex-primeiro-ministro, obteve 37,29%. Agora, os resultados devem ser validados pelo Tribunal Constitucional de transição.

O primeiro turno das eleições ocorreu em 30 de dezembro. A segunda etapa foi realizada no último domingo (14).

Um dos países mais pobres do mundo, a República Centro-Africana vive uma crise política iniciada em 2013  com a deposição do Presidente François Bozizé pela coligação Seleka, de maioria muçulmana. O evento desencadeou combates entre os partidários desta coligação e milícias cristãs, conhecidas como anti-Balaka.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos