Fundo de pensão Postalis terá novo presidente

O Postalis, fundo de pensão dos Correios, terá um novo presidente a partir da próxima semana. A saída do atual presidente, Antônio Conquista, foi aprovada em reunião da diretoria dos Correios feita ontem (23). O assunto foi tratado hoje (24) em reunião com o presidente da empresa, Giovanni Queiroz.

Na próxima terça-feira (1º) o Conselho Deliberativo dos Postalis vai se reunir para aprovar o nome do indicado para ser o novo presidente, Paulo Cabral Furtado, que é advogado da Caixa Econômica Federal e foi presidente da Fundação dos Economiários Federais (Funcef) e secretário executivo do Conselho Curador do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A Polícia Federal investiga fraudes na gestão de recursos do Postalis, com prejuízo estimado em R$ 5 bilhões. No ano passado, Conquista teve os bens bloqueados por determinação da Justiça Federal de São Paulo.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos