Rede social Weibo vai divulgar a Olimpíada para 600 milhões de chineses

A plataforma interativa de mídia social Sina/Weibo, uma das maiores da China, conhecida como o "Twitter chinês", lançou hoje (24) sua campanha para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer do Rio de Janeiro (Smel). A rede vai divulgar a preparação da cidade para o evento e os resultados dos jogos. O jogador de futebol Nenê, meia atacante do Vasco, de 34 anos, mostrou seu perfil "para se aproximar dos fãs da China", país pelo qual se interessa bastante, pela cultura e língua, segundo afirmou.

A vice-consulesa geral da República Popular da China, no Rio de Janeiro, Li Yanjun, destacou que a capital fluminense está melhorando a sua infraestrutura para receber os turistas que virão para os jogos e que, nessa reestruturação, produtos chineses já fazem parte do cotidiano carioca, entre os quais trens de metrô, barcas e equipamentos de telecomunicações. Ela disse que a parceria com a prefeitura carioca é uma estratégia para divulgar o Brasil na China e, ao mesmo tempo, fazer os chineses se aproximarem do Brasil.

O secretário municipal de Esportes e Lazer, Marcos Braz, vê na associação uma oportunidade de o Rio de Janeiro mostrar para os chineses quais são os trabalhos feitos na área social e o legado de transformação e de inclusão social por meio do esporte. O blog Weibo vai cobrir a Olimpíada e a Paralimpíada, "como qualquer outro veículo de comunicação", mas aproveitando para mostrar o Rio de Janeiro e o Brasil para os chineses. "Essa é a nossa intenção. Fazer uma parceria de cobertura, por meio da nossa Secretaria de Esportes do Rio".

Segundo Marcos Braz, a sociedade firmada com o Weibo poderá gerar também possibilidades de negócios para empresas fluminenses na China. "Não é o nosso objetivo prioritário, mas, sem dúvida nenhuma, nós podemos ganhar com isso também. Volto a dizer que não podemos perder as oportunidades que o Brasil precisa nesse momento, para reverter o quadro em que estamos". A secretaria está aberta a firmar parcerias de informação semelhantes com blogs de outros países.

Ponto de atenção

O vice-presidente da Sina/Weibo, Arthur Wei, ressaltou que o Rio de Janeiro vai ser o ponto central de atenção do mundo durante os jogos, "inclusive para os chineses", para os quais a rede quer levar inovações este ano, produzindo matérias com profundidade e informação para todos os usuários. O Sina, segundo Wei, é uma das maiores plataformas interativas de mídia social da China e do mundo, com 600 milhões de chineses e 400 milhões de usuários ativos por mês.

Na Olimpíada de Londres, em 2012, a rede atingiu 4 bilhões de mensagens, com pico de 20 mil mensagens por segundo. Na Rio 2016, a expectativa é superar esses resultados. Arthur Wei disse esperar que a parceria com a prefeitura carioca possa se prolongar para além da Olimpíada.

O diretor da Embratur, Sergio Albuquerque, afirmou que essa é uma oportunidade de elevar o número de turistas chineses no país. "A parceria com a Sina/Weibo vem reforçar as ações que o Ministério do Turismo vem empreendendo, que visam incentivar no turista estrangeiro o interesse de conhecer o Rio de janeiro e os demais destinos brasileiros, em todos os seus diversos segmentos, além de potencializar o legado da exposição do Brasil como destino turístico e como realizador de grandes eventos, que o nosso estado do Rio de Janeiro tão bem sabe dar o exemplo."

Albuquerque observou que o mundo hoje é digital "e quem não estiver nessas plataformas digitais, está fora do mundo, ainda mais se tratando desse potencial, que é a parceria que estamos assinando hoje com a Sina/Weibo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos