Vigilante considerado serial killer de Goiás é condenado a mais 20 anos

O vigilante Thiago Henrique Gomes da Rocha, de 28 anos, foi condenado hoje (2) a mais 20 anos de prisão, desta vez pelo assassinato de Juliana Neubia Dias, aos 22 anos. Ela foi morta em julho de 2014 quando estava no carro com o namorado, no bairro Setor Oeste, em Goiânia.

Vigilante considerado serial killer de Goiás é condenado a mais 20 anos

O vigilante Thiago Henrique Gomes da Rocha foi condenado  a mais 20 anos de prisãoDivulgação/Tribunal do Juri de Goiânia

Segundo o Tribunal do Júri de Goiânia, a reclusão será em regime fechado a ser cumprida na Penitenciária Odenir Guimarães.

Este foi o segundo júri popular de Rocha. O primeiro julgamento foi no dia 16 de fevereiro, relativo ao assassinato da estudante Ana Karla Lemes da Silva, de 15 anos, morta a tiros em 15 de dezembro de 2013 no bairro de Jardim Planalto, também na capital. 

A sessão de hoje durou cerca de três horas. Os jurados entenderam que Thiago Henrique cometeu homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e com recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

Serial killer

Os crimes atribuídos a Thiago Henrique Gomes da Rocha foram cometidos entre 2011 e 2014. O vigilante abordava pessoas desconhecidas na rua, especialmente mulheres, e atirava.

Rocha foi preso em outubro de 2014 e chegou a confessar, em depoimento à polícia, ter cometido 39 assassinatos, sendo então rotulado como serial killer de Goiás. Alguns meses depois, orientado pela defesa, ele informou número menor de homicídios dos quais confessava ser autor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos