Berlim diz que fechamento da "rota dos Balcãs" é especulação

A porta-voz da Chancelaria alemã, Christiane Wirtz, disse hoje que são especulações as informações de que a cúpula entre a União Europeia (UE) e a Turquia irá decretar o fechamento da "rota dos Balcãs", utilizada pelos refugiados para chegar à Europa.

"Eu tomei conhecimento dos relatos acerca do fechamento da 'rota dos Balcãs', mas quero dizer que se trata de especulação neste momento", afirmou a porta-voz de Angela Merkel, acrescentando que "as negociações e as conversações estão ocorrendo e é preciso esperar".

O esboço das conclusões da cúpula extraordinária da UE, que foi aprovado pelos embaixadores da União Europeia nesse domingo e divulgado pela agência France Presse (AFP), diz que o fluxo ilegal de migrantes ao longo dos Balcãs ocidentais está chegando ao fim. A rota está agora fechada".

No entanto, dois jornais alemães - Bild e Sueddeutsche Zeitung - noticiam que o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e a chanceler Angela Merkel rejeitam essa posição.

A Áustria e outros países ao longo da "rota dos Balcãs" impuseram limites às chegadas diárias e restrições nas fronteiras, causando um estrangulamento na Grécia, onde os migrantes continuam a chegar, a partir da Turquia.

Merkel, cujo país acolheu no ano passado mais de 1 milhão de pessoas à procura de asilo, tem defendido uma solução que abranja toda a UE, que inclua o reforço das fronteiras externas da Europa e um acordo com a Turquia para conter os fluxos ilegais de refugiados.

Berlim tem apelado à solidariedade europeia e ao estabelecimento de um sistema de cotas que permita distribuir pelos 28 Estados-membros da UE os migrantes provenientes da Turquia, de forma ordenada que permita levar os refugiados desesperados a desistir de fazer a perigosa travessia do mar entre a Turquia e as ilhas gregas.

Wirtz apelou aos jornalistas, em entrevista em Berlim, para que aguardem o desenrolar da cúpula e as declarações de Angela Merkel.

Um porta-voz do Ministério do Interior alemão afirmou, entretanto, que "é fato que atualmente cada vez menos pessoas estão atravessando as fronteiras na 'rota dos Balcãs', tão utilizada por muito tempo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos