Custo de vida em São Paulo aumenta 0,71%

O aumento nos preços de alimentos e de combustíveis foi o principal responsável pela alta no Índice do Custo de Vida (ICV), em fevereiro, em São Paulo. Na comparação com janeiro, o índice subiu 0,71%. O indicador,  divulgado mensalmente, abrange somente a capital do estado e foi divulgado hoje (8) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Entre os grupos que compõem o indicador, além da alta nos itens alimentação (0,66%) e transporte (1,36%), também houve elevação nos grupos despesa pessoal (2,11%), saúde (0,84%), habitação (0,17%), equipamento doméstico (0,73%), vestuário (0,13%) e educação e leitura (0,57%).

Reajustes

No grupo transporte, o indicador sofreu alta tanto por causa do aumento no preço das tarifas do transporte público em janeiro (1,77%) quanto no preço do combustível (1,18). Já em alimentação, a alta foi puxada  pelo reajuste nos subgrupos indústria alimentícia (1,27%) e alimentação fora do domicilio (0,47%). Só foram registradas quedas nos grupos recreação (-0,42%) e despesas diversas (-0,08%). No acumulado do ano, entre janeiro e fevereiro, o ICV acumula alta de 2,52%. Entre março do ano passado e fevereiro deste ano, a alta é de 10,20%.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos