Atos antagônicos não serão permitidos no mesmo local em SP, diz secretário

O secretário estadual de Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, reforçou hoje (9) que todos os que quiserem se manifestar no próximo domingo terão direito, mas não será permitido que dois grupos antagônicos se manifestem no mesmo local e horário. Segundo ele, só se manifestarão na Avenida Paulista os grupos que já comunicaram a Secretaria há mais de dois meses e que farão um ato contrário ao governo e a favor do impeachment da presidenta Dilma Rousseff.

"Em relação aos grupos que até agora não entraram em contato conosco ainda, vamos aguardar até o final da tarde para procurá-los, porque já há indicativos de que eles farão uma manifestação a favor do governo na Praça Roosevelt. Ou seja, locais distintos, separados. Não há nenhum problema. Importa que façam com absoluta tranquilidade e isso nós vamos garantir", disse.

Moraes garantiu que não haverá comunicabilidade entre os dois grupos e nem a possibilidade de deslocamento. "Nenhum dos grupos demonstrou essa vontade, mas, se no decorrer da manifestação, alguém pretender, esse deslocamento não será possível, e a polícia vai garantir que cada um dos grupos fique no seu local de manifestação. Nós temos certeza de que tudo será tranquilo".

De acordo com o secretário, já foi feita uma reunião entre os comandos policiais e a secretaria. Às 14h30 de hoje, representantes de nove grupos que estarão na Paulista domingo devem se reunir com o governo para decidir onde ficarão carros de som e palcos. "Também teremos 12 bases móveis ao longo de toda a avenida. E nas paralelas, a polícia fará o controle para garantir a tranquilidade."

Moraes destacou que, se a polícia perceber que grupos antagônicos estão se aproximando da outra manifestação, não será permitido. "Obviamente alguém que quer ir a uma manifestação contrária para gerar confusão, não tem o direito de fazer isso. A questão da roupa é questão de bom senso das pessoas."

A secretaria estima que pelo menos um milhão de pessoas participem da manifestação contrária ao governo federal, mas ainda não tem ideia do número da manifestação a favor do governo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos