Criador do manguebeat, Chico Science faria 50 anos neste domingo

O músico pernambucano idealizador do movimento manguebeat, Chico Science, com a mãe, Dona Rosa, e o pai, seu Chico

O músico pernambucano idealizador do movimento manguebeat, Chico Science, com a mãe, Dona Rosa, e o pai, seu ChicoAcervo Família França

Neste domingo (13), o pernambucano Chico Science, artista que criou o movimento manguebeat, um marco na música brasileira na década de 90, completaria 50 anos de idade. Science morreu precocemente em um acidente de carro, em Olinda (PE). Para celebrar sua vida e obra, está prevista em 2016 uma série de lançamentos culturais.

Também neste ano completam-se 20 anos do álbum Afrociberdelia, que consagrou Chico Science dentro e fora do Brasil. A banda Nação Zumbi, da qual Chico fazia parte, sai em uma série de shows pelo país para cantar novamente as faixas do álbum e homenagear os 50 anos do artista. 

O primeiro show da Nação Zumbi ocorreu ontem (12), em Salvador. Este primeiro show estava inicialmente previsto para as comemorações do aniversário do Recife. Mas agora a banda se apresentará na capital pernambucana apenas em maio. "Faremos o show de Recife em maio para termos mais tempo de fazê-lo caprichado, da maneira que tínhamos planejado e com convidados super especiais", anunciou a Nação Zumbi por meio de comunicado.

As homenagens ao cinquentenário de Chico Science começaram ainda no Carnaval. Os blocos Siri na Lata e Galo da Madrugada homenagearam o mangue boy. Maior bloco de Pernambuco e já considerado o maior bloco do mundo pelo Guinness Book, o Galo dedicou o enredo deste ano ao artista: "Galo, Frevo e Manguebeat: Homenagem a Chico Science".

Também no carnaval, a filha de Chico, Louise França, que se apresenta como Lula Lira, participou pela primeira vez de uma apresentação da Nação Zumbi no Marco Zero do Recife. Ela abriu o show cantando a música Monólogo ao Pé do Ouvido", do disco Da Lama ao Caos, de 1994, e improvisou homenagens a Chico e ao movimento Ocupe Estelita.

Livro

Um livro que conta a rápida trajetória de Science no Nação Zumbi deve ser lançado ainda este ano. Em entrevista ao Portal EBC, Paulo André Pires, empresário que acompanhou a gravação dos dois discos que Chico Science gravou - Da Lama ao Caos e  Afrociberdelia, de 1996  - relatou que o livro terá o título Inconformados. Na obra, Pires conta a história do manguebeat, movimento cultural que surgiu no Recife e ganhou o mundo.

 
Documentário

Na data em que Chico Science completaria 50 anos, será exibido pela primeira vez o documentário Chico Science - Um Caranguejo Elétrico. Dirigido pelo paulista José Eduardo Miglioli, com roteiro do jornalista pernambucano José Teles, autor do livro Do frevo ao mangue e Meteoro Chico, o filme é coproduzido pela RTV, Globofilmes e Globo Nordeste.

Além  de relatos de pessoas próximas ao músico, o filme tem imagens da apresentação de Chico Science e Nação Zumbi no festival Central Park Summer Stade, realizado em 1995, durante a primeira turnê internacional da banda.

Por ocasião dos 20 anos dessa apresentação, o Nação Zumbi foi convidado a se apresentar novamente no festival ano passado. Os registros em áudio em vídeo da apresentação de Chico Science e Nação Zumbi realizada mo festival em 1995 devem ser lançados oficialmente este ano, em CD e DVD.

 

>> Veja o especial Chico Science 50 anos

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos