Ministro do Esporte diz que manifestações foram críticas ao governo e oposição

O ministro do Esporte, George Hilton, disse hoje (14) que as manifestações de ontem (13) apresentaram críticas à toda a classe política, que, na visão do ministro, precisa se unir e ouvir a "voz das ruas".

"As críticas foram a todo mundo. Situação e oposição. Mostrando assim a necessidade para a classe política de que há de atentar à voz das ruas", disse o ministro, que visitou hoje a Vila dos Atletas e o Parque Olímpico da Barra, acompanhado da presidenta da Caixa Econômica Federal, Miriam Belchior.

"As lideranças [políticas] estão percebendo que não adianta o quanto pior, melhor. É preciso estarem todos unidos. É preciso um pacto nacional pela governabilidade", acrescentou ele, que avaliou as manifestações como "dentro da normalidade" e "pacíficas".

Tocha olímpica

Para o ministro, a passagem da tocha olímpica por mais de 300 cidades poderá ser uma chance de unir o país. "A mensagem da tocha é essa. É dar uma trégua e pensar o país"

A presidenta da Caixa também comentou sobre as manifestações ao ser perguntada por jornalistas. Miriam Belchior disse que faz a mesma avaliação divulgada pela Presidência da República, em nota ontem, de que os atos foram pacíficos e democráticos. "A gente espera que as coisas sejam pacíficas, sigam a lei e todos os ritos da democracia no Brasil".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos