Macri e Cartes se reunem para tratar de Mercosul e combate ao narcotráfico

Os presidentes argentino, Maurício Macri, e paraguaio, Horácio Cartes, se reuniram em Buenos Aires para tratar sobre Mercosul e os avanços para estabelecer uma relação comercial com a União Europeia que permita gerar mais empregos na região.

Eles também concordaram em incrementar a cooperação bilateral entre seus países para fortalecer a guerra contra o narcotráfico, através de redes de prevenção nas cidades de fronteira.

Macri e Cartes se reuniram ontem (15) na Casa Rosada, sede do governo argentino, em Buenos Aires, por cerca de uma hora, antes de participarem do jantar de Abertura do Congresso Judaico Latino-americano.

Os chefes de Estado conversaram também sobre matrizes energéticas e concordaram que o tema é de extrema importância para estimular a indústria nos dois países. Também dialogaram sobre o desenvolvimento da navegação fluvial na região, especificamente pela Hidrovia Paraguai-Paraná. 

Macri estava com seu chefe de gabinete, Marcos Peña; a chanceler Susana Malcorra, e o secretário de Assuntos Estratégicos, Fulvio Pompeo. O presidente paraguaio chegou à reunião com seu chanceler, Eladio Loizaga, e o secretário-geral da Presidência, Juan Carlos López Moreira.

Sobre o combate ao narcotráfico, os presidentes ratificaram o compromisso de reforçar a prevenção nas regiões de fronteira.

Sobre o Mercosur, o presidente Macri comentou o diálogo que teve na semana passada com a alta representante da União Europeia para assuntos exteriores, Federica Mogherini, para ampliar a relação comercial com a UE.

Cartes, que tem mandato até 2018, vai receber no Congresso Judaico um reconhecimento por seu compromisso com a paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos