Cade escolhe administrador provisório para postos da rede Cascol no DF

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) escolheu Wladimir Eustáquio Costa como administrador provisório para gerir os postos da rede Cascol. A escolha do administrador provisório é resultado da medida preventiva que determinou a intervenção do Cade na maior rede de postos de combustível do Distrito Federal.

Segundo o Cade, Costa tem mais de 30 anos de experiência profissional no setor de combustíveis, tendo sido diretor regional da Chevron Texaco S.A. em Curitiba, Goiânia, Rio de Janeiro e São Paulo, além de ter sido diretor nacional de marketing da empresa. Ele tem formação acadêmica específica no setor, tanto no Brasil como no exterior.

Costa irá administrará os postos de forma desvinculada dos demais estabelecimentos da rede, com autonomia para fixar os preços sem margens de lucro consideradas artificialmente elevadas pelo Cade, que abriu investigação de formação de cartel nos postos de combustíveis do Distrito Federal. O administrador provisório e a Cascol deverão apresentar à Superintendência-Geral do Cade a minuta do contrato a ser firmado entre eles até o dia 28 de março. A assinatura do contrato foi marcada para 12 de abril. A partir daí, começa a contar o prazo de 180 dias de vigência da medida preventiva.

Inicialmente, a medida preventiva abrangia cerca de dois terços da rede de postos da Cascol, mas o escopo foi alterado a pedido da própria empresa, passando a englobar toda a sua rede de postos. O administrador provisório deverá se desligar de suas atividades atuais, garantindo dedicação integral às atribuições decorrentes da execução.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos