Eduardo Cunha abre votação para eleição da comissão do impeachment

O  presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) iniciou agora há pouco a votação da comissão especial que vai analisar o processo de impeachment da presidenra Dilma Rousseff. Cunha anunciou que a votação será aberta e no painel eletrônico. Para ser eleita, a comissão precisa de maioria simples dos votos dos presentes, desde que pelo menos 257 deputados registrem o voto. A inteção do presidente da Câmara é, logo após a eleição, instalar a comissão e eleger o presidenge e o relator. O painel ainda está fechado, mas o plenário da Casa está lotado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos