Roubo em Angra dos Reis não afetou segurança da usina nuclear

Um grupo de cinco homens roubou quatro revólveres de cinco vigilantes de uma empresa terceirizada de vigilância, que faz a segurança da Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto, de propriedade da Eletronuclear, em Angra dos Reis (RJ). Apesar de ter ocorrido na noite de segunda-feira, somente hoje (17) a companhia comunicou o assalto.

Os ladrões atacaram o posto de segurança da Marina Piraquara, onde renderam o vigilante e a guarnição que fazia ronda, composta por mais dois guardas. Roubaram dois revólveres, colocaram os vigilantes amarrados no carro da empresa terceirizada e se dirigiram a outro posto de observação. Lá, renderam dois guardas, roubaram seus armamentos e fugiram abandonando o carro com os sentinelas amarrados.

De acordo com a Eletronuclear, não houve vítimas e os dois assaltos, apesar de terem ocorrido na área de propriedade da empresa, aconteceram longe dos prédios onde operam as usinas nucleares. Não houve risco à segurança da Central Nuclear Álvaro Alberto. A polícia investiga o caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos