Barbosa diz que melhora econômica reduzirá temperatura política

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou hoje (21) que é preciso haver "civilidade" no debate público. Para o ministro, no momento atual uma melhora na economia ajudaria a diminuir a temperatura da discussão política. Porém, ele defendeu que a política auxilie igualmente a estabilização da economia. "Uma melhora do quadro econômico ajuda a distensionar, a diminuir a polarização. Mas acho que está na hora de a política também ajudar a economia. A gente tem de resgatar a civilidade no debate público", declarou.

Brasília - O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, durante anúncio de projeto para refinanciar as dívidas dos estados e do Distrito Federal com a União (Valter Campanato/Agência Brasil)

Como exemplo de diálogo, o ministro citou as discussões que resultaram na proposta de alongar o prazo da dívida dos estadosValter Campanato/Agência Brasil

Como exemplo de diálogo, o ministro citou as discussões com governadores que resultaram na proposta do governo de alongar em 20 anos o prazo da dívida dos estados.

"Essa construção foi junto com 27 governadores. Tem governador da oposição, da situação e nós construímos uma proposta que procurou atender às reivindicações de todos", disse. A proposta de alongamento é uma das medidas que será encaminhada até amanhã (22) para apreciação do Congresso Nacional, na forma de Projeto de Lei Complementar.

Barbosa disse ainda que, em função da turbulência política, o governo deve "avaliar" o melhor momento de enviar ao Congresso a proposta de reforma da Previdência.

"Diante do cenário conturbado, obviamente o governo vai avaliar o melhor momento de enviar essa proposta. Essa decisão de quando enviar também tem de atentar para o cenário político. Mas, independente disso, as discussões técnicas no fórum [de Debates sobre Políticas de Trabalho, Emprego, Renda e Previdência] e do governo continuam", concluiu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos